domingo, 20 de janeiro de 2019

HERMES AQUINO

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Hermes Aquino (Rio Grande, 21 de maio de 1949) é um publicitário, poeta, compositor, violonista e cantor brasileiro. Era um dos raros representantes gaúchos do tropicalismo. Você Gosta?, parceria com Tom Zé, foi gravada por este e pelo grupo Liverpool em 1969. Planador, parceria com sua prima Laís Marques, foi gravado pelo Liverpool e pelo grupo carioca Os Brazões. Para o IV Festival Internacional da Canção, em 1969, escreveu duas canções. Sala de Espera em co-autoria com Laís que foi defendida por ela (mais tarde foi regravada pelo grupo O Bando) e Flash que foi o seu primeiro sucesso como intérprete. Em 1976 estoura com Nuvem Passageira que foi tema da novela O Casarão e se tornou um enorme sucesso desse ano. A canção foi apresentada numa das edições do programa Fantástico, da Rede Globo, num clipe filmado no calçadão da Praia de Copacabana. Hermes só conseguiu gravar seu primeiro LP, "Desencontro de Primavera" em 1977, pelo selo Tapecar, com temas como Longas Conversas, Desencontro de Primavera (incluído também na trilha da novela "Locomotivas") e Bola Louca E Colorida. O tema "Nuvem Passageira" foi um grande sucesso em Portugal no ano de 1978 aquando da exibição da novela "O Casarão". Nesse ano mudou-se para a gravadora Capitol, que lançou seu segundo LP, "Santa Maria", com canções como Santa Maria (também na trilha de "A Sucessora"), Chuva de Verão e Senhorita (na novela "Pecado Rasgado"). Desentendeu-se com a gravadora e o LP não repetiu o sucesso do anterior. Regressou à sua terra natal. Foi programador musical da Rádio Continental na cidade de Porto Alegre, e compositor de jingles no Rio Grande do Sul. Os álbuns "Desencontro de Primavera" (1977) e "Santa Maria" (1978) foram reeditados em 2014 pelo selo Discobertas.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Marciano, cantor sertanejo, morre aos 67 anos.

'Nesse momento, agradecemos o carinho de todos e pedimos orações à família', informou comunicado. Cantor fez dupla com João Mineiro, que morreu em 2012. O cantor sertanejo Marciano, que marcou a história da música sertaneja ao lado de João Mineiro, morreu aos 67 anos, em sua casa em São Caetano do Sul, São Paulo. O cantor sofreu um infarto fulminante. A informação foi confirmada na rede social do artista: "É com imenso pesar que, em nota, confirmamos o falecimento do cantor Marciano, o Inimitável. Em breve, divulgaremos mais informações. Nesse momento, agradecemos o carinho de todos e pedimos orações à família." O corpo do cantor foi velado na Câmara Municipal de São Caetano do Sul e enterrado por volta de 17h no Cemitério das Lágrimas. O cantor, que nos últimos anos usava o título de “O Inimitável”, iniciou a carreira na década de 1970 formando a dupla Marciano e João Mineiro. Juntos, eles fizeram hits como “Ainda ontem chorei de saudade”, “Se eu não puder te esquecer”, entre outras. O artista também é um dos compositores de “Fio de cabelo”, um dos maiores sucessos da música sertaneja. Com mais de 400 regravações, a canção de 1981 é uma das mais lembrada em bares e karaokês. “Quando a gente canta, o povão canta junto. É emocionante”, ele lembrou em uma entrevista ao G1 em 2017. Após a morte de João Mineiro, em 2012, José Marciano gravou um álbum solo intitulado "Inimitável (2013)". O registro foi feito no Teatro Paulo Machado de Carvalho, em São Caetano do Sul. Em 2015, iniciou um projeto ao lado de Milionário (ex-dupla de José Rico, que morreu naquele ano). Chamado de "Lendas", o projeto rendeu a gravação de um DVD em 2015, sendo lançado no mercado no ano seguinte. O cantor Fabiano Martins, filho de Marciano, lamentou a morte do pai. Nos últimos anos, os dois travaram uma batalha judicial após uma publicação no Facebook. Marciano processou Fabiano por danos morais e pedia indenização de R$ 20 mil. "Todos que me conhecem sabem da péssima relação que eu tinha com meu pai, mas estou muito triste com essa notícia. Por mais que éramos afastados, mas era meu pai. Morre um dos maiores cantores sertanejo desse país." "E é com uma imensa tristeza que informo ao meus amigos que meu pai sofreu um infarto fulminante nessa madrugada e foi morar com Deus. João Mineiro e Marciano ficará eternizado em nossos corações", disse Fabiano. Por G1 18/01/2019 08h40

sábado, 12 de janeiro de 2019

ED WILSON

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Edson Vieira de Barros (Rio de Janeiro, 29 de julho de 1945 - 3 de outubro de 2010), mais conhecido como Ed Wilson, foi um cantor e compositor brasileiro. Fez parte do movimento da Jovem Guarda, fundou a banda Renato e seus Blue Caps, junto com seus irmãos Paulo César Barros e Renato Barros e no final de sua carreira esteve ligado à música gospel. Ed Wilson foi criado no bairro carioca de Piedade, Rio de Janeiro. Seus irmãos Renato Barros e Paulo César Barros, fazem parte do grupo Renato e Seus Blue Caps onde Ed Wilson iniciou sua carreira musical e permaneceu até 1961. Em 1962, Ed Wilson iniciou sua carreira solo e posteriormente o próprio grupo Renato e Seus Blue Caps gravou uma música sua (denominada "Comanche"). Nos anos 90, Ed Wilson regravou uma coletânea de sucessos da Jovem Guarda ao lado de artistas da MPB como Erasmo Carlos, Leno e Lilian, Wanderléia e Golden Boys. No meio gospel, teve suas músicas regravadas por Alex Gonzaga, vocalista da banda Novo Som. O cantor gravou por diversas gravadoras, como RCA, Odeon, CBS, Line Records e Top Gospel. Foi um dos criadores da banda The Originals em 2005 onde gravou os três CDs/DVDs da banda. Ed Wilson permaneceu alguns dias internado no Hospital São Lucas, no bairro carioca de Copacabana, vindo a óbito na noite de 03 de outubro 2010.

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

JUAN CARLOS HERRERA

Autreberto Herrera (Juan Carlos Herrera) nasceu em 10 de fevereiro de 1939, na cidade de Vila Rica no Paraguai, onde aprendeu a tocar o instrumento mais importante de seu país: a harpa paraguaia, e veio ao Brasil em busca de seus sonhos, tornando-se um dos maiores harpistas e músicos de estúdio da história da nossa cultura. No decorrer de sua carreira, gravou 5 LPs, e acompanhou nos estúdios os maiores nomes da música sertaneja e da MPB, como Tonico e Tinoco, Trio Parada Dura, Belmonte e Amaraí, Almir Sater, Teodoro e Sampaio, João Paulo e Daniel, Chitãozinho e Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano, Tom Cavalcante, Ângela Maria, Cauby Peixoto entre outros. Trabalhou no SBT na década de 80, no Programa Musicamp. Se apresentou em diversos programas de TVs, como Som Brasil (com Rolando Boldrin, e mais tarde Lima Duarte), Topa Tudo Por Dinheiro (com Sílvio Santos), Domingo Legal (com Gugu Liberato), Programa do Ratinho, Viola Minha Viola (com Inezita Barroso). Viajou por diversos países como Alemanha, Bélgica e África, levando a boa música e a cultura de seu país. Texto: Sandra Cristina Peripato Fonte: Juan Carlos Herrera (Filho) De: Recanto Caipira

ARLINDO BÉTTIO

Arlindo Béttio nasceu em 1920. Compositor, instrumentista, sanfoneiro, irmão do radialista e sanfoneiro José Béttio e do comunicador Oswald...